CURSO GRÁTIS de 4 vídeos, ensina o passo a passo que você deve seguir para dar um fim na Diabetes.

Receitas

500 Receitas para Diabéticos

Ebook + Tablet com a Capa do Livro Digital 500 Receitas para Diabéticos

Clique na imagem e saiba mais sobre este ebook

O Brasil tem 12 milhões de diabéticos, segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD). O diabetes é uma doença crônica, que exige tratamento constante e Receitas para Diabéticos.

Sendo assim, não apenas baseado em medicação mas principalmente em uma modificação no estilo de vida. Alimentação balanceada, sempre sob supervisão de um especialista, e atividades físicas são fatores bem importantes para o controle da doença.

Dieta para diabetes

Por outro lado se fala na alimentação e Receitas para Diabéticos, existe a ideia de que a dieta deve ser bem limitada. Na verdade, é exatamento o contrário. É importante que a dieta para diabetes seja bem variada, composta por alimentos naturais, que colaborem para estabilizar o nível glicêmico do sangue.

Confira os pontos mais importantes da dieta.

  • O café da manhã é a principal refeição para todas as pessoas, especialmente para os diabéticos. A refeição ajuda a evitar ganho de peso, pois ajuda a regular a sensação de saciedade durante o dia. É essencial ao diabético não pular nenhuma refeição.
  • A banana está liberada na dieta, porque é uma fruta rica em fibras e minerais, como potássio e magnésio. Ela precisa ser ingerida, no entanto, dentro de uma dieta equilibrada e um especialista deve indicar qual a quantidade que pode ser consumida semanalmente.
  • O consumo de sal deve ser o menor possível. Isso porque o sódio faz com que o coração bombeie sangue mais rapidamente, o que leva a um aumento da pressão sanguínea.
  • É indicado fazer refeições fracionadas durante o dia. Com isso, a pessoa mantém equilibrado o nível de açúcar no sangue e evita o consumo de quantidades exageradas de alimento, algo comum quando se passa muito tempo sem comer.
  • Frituras devem ser deixadas de lado e dar lugar para alimentos assados e grelhados.

  • Os produtos diet não estão totalmente liberados. Eles também possuem carboidratos, que elevam o nível glicêmico do sangue. Devem ser consumidos sob orientação de um especialista.
  • As frutas são essenciais na dieta de quem tem diabetes e aquelas que têm bagaço são ainda melhores, pois são ricas em fibras, que conferem maior saciedade.  Devem ser consumidas com moderação, de preferência ao natural. As menos calóricas são melhores opções.
  • Evite consumir frutas em forma de suco. Durante o preparo são usadas muito mais frutas para uma porção. Além disso, as fibras ficam de lado nesse tipo de preparação e são elas que ajudam a diminuir a absorção do açúcar pelo organismo.
  • Substitua o leite integral pelo desnatado, que tem menos gordura. O mesmo vale para os derivados.
  • A carne vermelha é muito importante na dieta, por causa da grande quantidade de proteínas, ferro e vitamina B12. Mas prefira os cortes magros, que possuem menos gordura saturada, como o lagarto, o patinho e a alcatra.
  • Entre as carnes brancas, o peixe é o mais indicado, especialmente o salmão e a sardinha, fontes de ômega 3.

Sendo assim Receitas para Diabéticos não tem que ser sem sabor e sem cor.

Ebook 500 Receitas para Diabéticos + 3 Bônus Grátis

Clique na imagem e saiba mais sobre o ebook e os 3 bônus gratuitos

Cardápio saudável é para todo mundo — e dá pra ser muito gostoso.

No fundo, ninguém pode impunemente se entupir de hambúrguer, beber litros de refrigerante e arrematar com uma sobremesa bem doce todo dia.

É por causa de escolhas assim que dispara o número de obesos no mundo. E, com o excesso de peso, vêm os malefícios para a saúde, entre eles… o diabete tipo 2.

Na hora de montar o prato com Receitas para Diabéticos, a proporção indicada é: metade dele de carboidratos, e aqueles que vêm de frutas, verduras e legumes entram nessa conta; 30% de gordura; e 20% de proteínas.

Com moderação, nada é proibido.

Ou seja, é preciso maneirar nas porções e não deixar de verificar as taxas de açúcar no sangue. Por isso é tão importante não ficar em jejum por muitas horas nem engolir, depois, uma montanha de alimento de uma vez para compensar. O ideal é fracionar a comida, fazendo cinco ou seis refeições ao longo do dia.

Pular o café da manhã, nem pensar!

Depois de horas dormindo, emendar as atividades diárias de barriga vazia é pedir para ter suadouro e tontura, sintomas de taxas baixíssimas de açúcar.

Sem contar que é a deixa para extrapolar à mesa mais tarde. Além disso, de manhã, seja no pãozinho nosso de cada dia, seja no cereal, opte pelas versões integrais.

Elas têm mais fibras e o processo de digestão e absorção do açúcar é mais lento, sem gerar um monte de glicose de repente.

Por outro lado, uma maneira de evitar exageros com Receitas para Diabéticos é forrar o estômago de verduras e legumes no almoço e no jantar.

Um prato cheio de vegetais dá a sensação de saciedade e breca a vontade de atacar um bife gorduroso.

Carne vermelha, aliás, deve entrar no cardápio só duas vezes por semana. Nos outros dias, o melhor é pedir frango e peixe, cozidos, assados ou grelhados.

Atenção também com os sucos naturais — alguns são bem calóricos. O sumo de duas laranjas, por exemplo, tem 150 calorias. Tomar um copo de vez em quando não tem nada de mais.

Em situações de hipoglicemia, inclusive, é um socorro bem-vindo para levar depressa os índices de açúcar aos patamares normais. Mas a regra geral durante as refeições é evitar muito líquido, seja ele qual for.

E a sobremesa? Saiba que render-se a um chocolatinho de vez em quando, nem precisa ser diet, não vai arruinar o equilíbrio conquistado. Mas frutas, ou compotas feitas com elas, são as opções mais adequadas quando bate aquela vontade incontrolável de adoçar o dia. De novo: é só saber dosar.

Bônus 1 - Como Viver Melhor com Diabetes

Clique na imagem e saiba mais sobre este bônus grátis

Bõnus 2 - Lista de Alimentos para Diabéticos

Clique na imagem e saiba mais sobre este bônus grátis

Bônus 3 - 30 Exercícios para Fazer em Casa

Clique na imagem e saiba mais sobre este bônus grátis

 

Ebook 500 Receitas para Diabéticos - Satisfação Garantida

Clique na imagem e saiba mais sobre esse livro digital com 500 Receitas para Diabéticos

Sugestões de alimentos que não podem faltar na dieta para diabetes

Confira o que está liberado na alimentação de quem tem a doença.

Legumes e verduras

Quanto mais, melhor! Invista na maior variedade possível desses vegetais. Um prato bem colorido é sinônimo de riqueza de nutrientes, como fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes.

Grãos integrais

Quinoa, chia, linhaça e outros grãos são aliados da saúde. Eles colaboram para o controle das taxas glicêmicas e suas fibras promovem maior saciedade, o que é importante para a manutenção do peso.

Batata doce

Aliado de quem pratica atividades físicas, esse tubérculo possui um baixo índice glicêmico. Isso quer dizer que seus carboidratos são absorvidos lentamente pelo organismo, o que ajuda no controle da doença.

Leguminosas

Alimentos como o feijão, a lentilha e o grão-de-bico também não podem faltar na dieta. Eles também ajudam a evitar as oscilações nos níveis de glicose no sangue. Além de serem fontes de fibras solúveis, antioxidantes, vitaminas e proteínas. O feijão preto ainda colabora para a redução do colesterol e dos triglicérides.

Gorduras saudáveis

Gorduras são importantes fontes de energia para o organismo e também atuam na síntese de hormônios. Mas é preciso escolher versões saudáveis, que são fontes de ômega 3 e de outros ácidos graxos.

Boas escolhas são alimentos como abacate, nozes, amêndoas, castanhas, óleo de coco e azeite de oliva. Enfim é importante ter atenção: esses alimentos são bem calóricos e devem ser consumidos com moderação.

Maçã

Enfim fruta concentra na casca uma fibra chamada pectina, importante para o controle da glicemia e para reduzir o mau colesterol. A maçã ainda tem baixo índice glicêmico.

Aveia

Sendo assim aveia é rica em uma fibra solúvel chamada beta-glucana, que aumenta a sensibilidade à insulina e evita os picos de açúcar no sangue.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.